SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ, UMA ANÁLISE DAS PRINCIPAIS QUESTÕES DA VIDA EVANGÉLICA

Por apenas: R$ 19,99 com FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

UM LIVRO PARA ABENÇOAR A SUA VIDA.

Veja alguns capítulos que você vai encontrar neste livro.
– Ser evangélico
- Posso ser evangélico sem frequentar a igreja?
– Qual é a roupa de um evangélico?
– Como se comportar no culto evangélico
– O perigo dos cargos
– Como entender os desentendimentos dentro da igreja?
– Seu relacionamento com os demais membros
– Quanto, em dinheiro, entregarei na igreja?
– Quando o sofrimento bate à porta de um evangélico
– Entendendo por que nem todos são curados
– Evangélicos divorciados
– Ouvindo músicas não evangélicas
– Bebida alcoólica no copo de um crente?
– Nem todos falam línguas estranhas?!
– Evangélicos certos de vidas erradas
– Igreja pequena ou igreja grande?
– Excluindo membros - um mal necessário?
– Amigos e relacionamentos apenas com evangélicos?
– O que nos une é maior do que o que nos separa
– O evangélico e a morte – O que importa é ser salvo, ser você e ser feliz dentre outros capítulos.
Comprando este livro você estará abençoando e sendo abençoado. Há algo especial de Deus nele para você.
Um livro que fala de fé e de esperança.

Peça já o seu exemplar!

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS:


* LIVRARIA DA IGREJA DE NOVA VIDA DE DUQUE DE CAXIAS.
Av. Presidente Tancredo Neves, 687 – Vila Itamaraty(Itatiaia) – D. de Caxias Tel./fax: (21) 3658-3200 E-mail: igreja@novavidacaxias.com.br


* Livrarias Celebrai do Shopping Center de Caxias. Rua Mariano Sendra dos Santos, SN - Duque de Caxias - RJ Quadra 4 - Loja 10 | Cel.: (21) 9346-7347 - Tel.:(21) 2671-6073

* LIVRARIA ITATIAIA NO UNIGRANRIO SHOPPING CAXIAS.
Rua Prof. José de Souza Herdy 1216. 25 de Agosto - Duque de Caxias. Tel. (21) 2671-2808


* EDITORA CONSELHO. Av. Eunice Gondin, 160, sala 206, Recreio dos Bandeirantes, RJ Tel. 3326-3844


COMPRE AGORA E RECEBA O LIVRO EM SUA CASA COM A SEGURANÇA DO pagseguro

Por apenas: R$ 19,99

Frete GRÁTIS para todo o Brasil

Através do pagSeguro você compra parcelado através dos principais cartões de crédito.
Compre também por telefone:(21) 99697-4191 e peça seu exemplar. Você vai recebê-lo na comodidade da sua casa, com total segurança e a credibilidade dos correios. Você pode comprar também por depósito bancário: Deposite o valor de R$ 19,99 na seguinte conta: Banco Santander: Agência: 4618 Conta Corrente: 01001027-8 Envie-nos e-mail constando a a data e a hora o depósito, seguido de seu endereço completo, com CEP e telefone para contato.

Você receberá em sua casa o livro SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ. Uma análise das principais questões da vida evangélica.

Você vai entender muito do que acorre dentro de uma igreja evangélica no Brasil. Vai ter a fé despertada, o amor a Cristo, à igreja e a você mesmo racionalizados e fortalecidos de forma simples mas, direta.

Não perca mais tempo! Investir em conhecimento é investir em você. Peça agora e seja muito abençoado pelo que vai ler e aprender.
UM LIVRO QUE TRATA DE FORMA PRÁTICA QUESTÕES VIVIDAS DENTRO DA IGREJA EVANGÉLICA.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Você entende o valor das pessoas?

Como calcular o valor de uma pessoa? Que coisa difícil, não é? Cada pessoa tem uma história, suas respectivas experiências e um caminho que é trilhado em seus dias. Como mensurar o valor que cada uma delas representa para nós, digamos em uma espécie de ranking? Ora, essa questão será fácil quando medida sob a ótica do amor. Afinal, o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. Quando medimos as pessoas pelo amor que liberamos e pelo amor que recebemos, elas se tornam de inestimável valor. Se não as olharmos e por elas também não sermos olhados sob a ótima, a fundamentação e a instrumentalização do amor, não as valorizaremos e tampouco seremos por elas valorizados. Em resumo: é preciso amar as pessoas para podermos valorizá-las e, de igual modo, necessitamos ser amados e consecutivamente valorizados também.

Quantas vezes perdemos pessoas na vida, pessoas que, simplesmente, ficaram pelo caminho por não as termos valorizado, e isso só aconteceu porque não as amamos como deveríamos. Quantos também nos perderam porque não nos valorizaram, e isso significa dizer que deixaram de nos amar como merecíamos. Dentro de cada jeitinho particular, de cada ser, cada um tem o seu próprio valor. Do tímido ao extravagante, do inculto ao sábio, todos de igual modo, se forem amados, terão reconhecido o seu valor. Independente de cada situação, muitos incultos já mostraram seu valor a muitos sábios, talvez, apenas por um gesto de amor que fizeram na vida. Você quer um exemplo? Sim, tem muitos incultos doando sangue nos bancos de sangue para ajudar o próximo que deles nem querem ser tão próximos assim. Sabia que aquele que não cumprimentamos de manhã na rua, ao fecharmos o portão de casa, pode estar indo fazer um hábito particular de doar sangue que através das fatalidades da vida, horas depois pode estar em nossas veias em um hospital? Isso configura no valor desta pessoa, porque ela fez um gesto de amor (mesmo não conhecendo a quem beneficiará), muito mais devemos valorizar e amar aqueles que estão ao nosso redor todos os dias, seja no trabalho, em casa, na igreja, na comunidade, ou simplesmente aquele que conduz o ônibus que eu viajo.

Veja, quando Jesus foi ao encontro de Lázaro atendendo a um pedido de sua irmã, para socorrê-lo, pois estava muito doente, Jesus simplesmente poderia não ter ido. Mas ele valorizou o momento, e amou aquela família. Quando Jesus chegou até Lázaro ele já estava até sepultado. Jesus viu Maria chorando e, os demais amigos que ali estavam também choravam. Sabe o que Jesus fez? Poderia ser só mais um que se foi, mas Jesus valorizou aquele momento e amou aquelas pessoas, Jesus chorou com eles. Isso produziu em Jesus o desejo de ressuscitar Lázaro, mostrando seu poder sobre a morte, mas também mostrando sua disposição para valorizar as pessoas e amá-las assim. (João cap 11).

Meu amigo e minha amiga, valorize cada sorriso, cada convite, cada presente, cada fotografia, cada gesto, cada abraço, cada aceno do outro lado da rua. Choremos com aqueles que choram, valorizando o momento das pessoas. Vamos também sorrir, e sorrir com aqueles que estão a sorrir, valorizando cada momento, para que, fazendo assim, possamos amar e ser amados, ser, valorizados também. E permanecerão três coisas, sim estas três sempre permanecerão: a fé, a esperança e o amor, mas a maior destas é o amor, pois ele é tudo o que devemos reconhecer, nos outros, como de mais sublime valor.

Gilberto Horácio

Nenhum comentário: