SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ, UMA ANÁLISE DAS PRINCIPAIS QUESTÕES DA VIDA EVANGÉLICA

Por apenas: R$ 19,99 com FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

UM LIVRO PARA ABENÇOAR A SUA VIDA.

Veja alguns capítulos que você vai encontrar neste livro.
– Ser evangélico
- Posso ser evangélico sem frequentar a igreja?
– Qual é a roupa de um evangélico?
– Como se comportar no culto evangélico
– O perigo dos cargos
– Como entender os desentendimentos dentro da igreja?
– Seu relacionamento com os demais membros
– Quanto, em dinheiro, entregarei na igreja?
– Quando o sofrimento bate à porta de um evangélico
– Entendendo por que nem todos são curados
– Evangélicos divorciados
– Ouvindo músicas não evangélicas
– Bebida alcoólica no copo de um crente?
– Nem todos falam línguas estranhas?!
– Evangélicos certos de vidas erradas
– Igreja pequena ou igreja grande?
– Excluindo membros - um mal necessário?
– Amigos e relacionamentos apenas com evangélicos?
– O que nos une é maior do que o que nos separa
– O evangélico e a morte – O que importa é ser salvo, ser você e ser feliz dentre outros capítulos.
Comprando este livro você estará abençoando e sendo abençoado. Há algo especial de Deus nele para você.
Um livro que fala de fé e de esperança.

Peça já o seu exemplar!

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS:


* LIVRARIA DA IGREJA DE NOVA VIDA DE DUQUE DE CAXIAS.
Av. Presidente Tancredo Neves, 687 – Vila Itamaraty(Itatiaia) – D. de Caxias Tel./fax: (21) 3658-3200 E-mail: igreja@novavidacaxias.com.br


* Livrarias Celebrai do Shopping Center de Caxias. Rua Mariano Sendra dos Santos, SN - Duque de Caxias - RJ Quadra 4 - Loja 10 | Cel.: (21) 9346-7347 - Tel.:(21) 2671-6073

* LIVRARIA ITATIAIA NO UNIGRANRIO SHOPPING CAXIAS.
Rua Prof. José de Souza Herdy 1216. 25 de Agosto - Duque de Caxias. Tel. (21) 2671-2808


* EDITORA CONSELHO. Av. Eunice Gondin, 160, sala 206, Recreio dos Bandeirantes, RJ Tel. 3326-3844


COMPRE AGORA E RECEBA O LIVRO EM SUA CASA COM A SEGURANÇA DO pagseguro

Por apenas: R$ 19,99

Frete GRÁTIS para todo o Brasil

Através do pagSeguro você compra parcelado através dos principais cartões de crédito.
Compre também por telefone:(21) 99697-4191 e peça seu exemplar. Você vai recebê-lo na comodidade da sua casa, com total segurança e a credibilidade dos correios. Você pode comprar também por depósito bancário: Deposite o valor de R$ 19,99 na seguinte conta: Banco Santander: Agência: 4618 Conta Corrente: 01001027-8 Envie-nos e-mail constando a a data e a hora o depósito, seguido de seu endereço completo, com CEP e telefone para contato.

Você receberá em sua casa o livro SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ. Uma análise das principais questões da vida evangélica.

Você vai entender muito do que acorre dentro de uma igreja evangélica no Brasil. Vai ter a fé despertada, o amor a Cristo, à igreja e a você mesmo racionalizados e fortalecidos de forma simples mas, direta.

Não perca mais tempo! Investir em conhecimento é investir em você. Peça agora e seja muito abençoado pelo que vai ler e aprender.
UM LIVRO QUE TRATA DE FORMA PRÁTICA QUESTÕES VIVIDAS DENTRO DA IGREJA EVANGÉLICA.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Como não ser apedrejado na vida



Alguém quer evitar que seja caluniado, combatido e apedrejado? Existe uma forma: seja um fracassado, um desvalido, um derrotado e viva no anonimato. Alguém quer isso para a sua vida? Óbvio que não. Assim ninguém vai querer o seu lugar, ou tentar te destruir. Entretanto, se você for alguém que se destaca, alguém saudável, alguém que persevera, alguém que luta, alguém que prospera e que busca o bem e todos, você será apedrejado. A final só recebe pedradas árvores que dão bons frutos. Em Atos capítulo 7 versículos 59 e 60 vemos a história de Estêvão, um homem, cheio de fé e do Espírito Santo. Foi um homem que só fez o bem e mesmo assim foi vítima daqueles que não queriam sua vitória, pelo contrário o odiavam ao ponto de o terem assassinado a pedradas.

"Ouvindo isso, ficaram furiosos e rangeram os dentes contra ele. Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, levantou os olhos para o céu e viu a glória de Deus, e Jesus em pé, à direita de Deus, e disse: “Vejo os céus abertos e o Filho do homem em pé, à direita de Deus”.
"...Lançaram-se todos juntos contra ele, Arrastaram-no para fora da cidade e começaram a apedrejá-lo...Enquanto apedrejavam Estêvão, este orava: “Senhor Jesus, recebe o meu espírito”. Então caiu de joelhos e bradou: “Senhor, não os consideres culpados deste pecado”. E, tendo dito isso, adormeceu."

Pode aos nossos olhos parecer um desfecho terrível para alguém que só fazia o bem e se destacava como uma luz brilhando no meio da escuridão. Mas, Estêvão mostrou que é possível seguir o que Jesus ensinou sob qualquer circunstância. Nos seus últimos minutos de vida nesta terra, ele olhou para os seus assassinos, olhou para o céu e clamou a Deus que não fosse colocado sobre aquelas pessoas o grande pecado que estavam cometendo, porque Estêvão tinha seus olhos abertos para a vida eterna e podia conhecer que aqueles homens não sabiam o que estavam fazendo. Exatamente como Jesus fez na cruz, com seus malfeitores, rogando ao Pai perdão sobre eles, pois com seus olhos cobertos pelo pecado, não sabiam o que estavam fazendo.

Estêvão olhou para o céu e disse: “Senhor Jesus, nas tuas mãos entrego o meu espírito” exatamente como Jesus fez na cruz ao render o espírito a Deus. E como diz as escrituras, após Estêvão ter dito isto ele adormeceu.
Sabe quando as crianças dormem no sofá da sala e acordam no quarto? Sonolentas não perceberam quando foram levadas nos braços do pai ou da mãe para o quarto, lugar de repouso, aconchegante e seguro; feito para o descanso.

É exatamente isso o que aconteceu com Estêvão. Adormeceu e… nos braços de Jesus foi levado para um lugar seguro, de repouso e refrigério eterno.
Que eu e você possamos entregar o nosso espírito nas mãos de Jesus todos os dias, acreditando que Ele cumprirá sua promessa que disse:

“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.
E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.”
João 14.2,3

Gilberto Horácio

terça-feira, 18 de abril de 2017

Ouvindo o silêncio da voz de Deus.


Deus fala todo o tempo e, na oração é nítida a sua voz. A oração não é apenas expressar-se a Deus, mas conversar com Deus, pois ao nos expressarmos a Ele, também é nítida a sua voz falando em nossa mente e em nosso coração. 

Fale com Deus a todo o tempo, mas separe tempo para uma oração silenciosa e reservada, para que possas perceber, claramente, sua doce voz o orientando rumo aos caminhos e direções a seguir. 

A agitação e barulho de um dia dificulta ouvir esta voz, tão silenciosa, suave e sublime. Por isso, é no silêncio de uma noite, no silêncio de uma madrugada que a voz de Deus é claramente percebida. 

O jovem e profeta Samuel, que servia ao sacerdote Eli, no templo do Senhor, viveu uma experiência assim.  Samuel era aprendiz de Eli, mas acima de tudo aprendiz do Senhor. Naquela época as obrigações que um aprendiz tinha era de abrir as portas do tabernáculo todas as manhãs (1 Sm 3.15), limpar as mobílias do templo, varrer o chão, cuidar, de uma forma geral, das atividades cotidianas. À medida que crescia em Deus, Samuel ajudava Eli nos holocaustos. Uma das maiores virtudes de Samuel era servir a Deus em submissão. A Bíblia diz que "E estando também Samuel já deitado, antes que a lâmpada de Deus se apagasse no templo do Senhor, onde estava a arca de Deus, O Senhor chamou a Samuel, e disse ele: Eis-me aqui." 1 Samuel 3:3,4.

O que me surpreende na leitura do texto é perceber que Samuel confunde a voz de Deus com a voz de Eli:

"E correu a Eli, e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse: Não te chamei eu, torna a deitar-te. E foi e se deitou."
1 Samuel 3.5

E isso aconteceu mais duas vezes durante a mesma madrugada. Vejamos:

"E o Senhor tornou a chamar outra vez a Samuel, e Samuel se levantou, e foi a Eli, e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse: Não te chamei eu, filho meu, torna a deitar-te.

O Senhor, pois, tornou a chamar a Samuel terceira vez, e ele se levantou, e foi a Eli, e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste"
1 Samuel 3.6-8

O que percebemos é que Samuel ainda não conseguia ouvir e reconhecer a tão silenciosa, suave e sublime voz de Deus. E é o mesmo que acontece conosco quando não estamos com os ouvidos atentos e voltados para sua doce voz.

Quando Eli, que já conhecia bem a voz de Deus,  entendeu que o Senhor chamava o jovem, o orientou sobre esta atenção necessária para ouvi-la.

"Por isso Eli disse a Samuel: Vai deitar-te e há de ser que, se te chamar, dirás: Fala, Senhor, porque o teu servo ouve. Então Samuel foi e se deitou no seu lugar.
Então veio o Senhor, e pôs-se ali, e chamou como das outras vezes: Samuel, Samuel. E disse Samuel: Fala, porque o teu servo ouve.
1 Samuel 3.9-11

Assim, finalmente o Senhor Deus falou a Samuel e este ouviu a sua voz.

"Fala, porque o teu servo ouve." Esta é a essência. Falar com Deus e ouvir a sua voz. A voz que não tem som é a voz que ecoa nitidamente nos ouvidos das percepções da alma e da fé.  É a habitação dos pensamentos e vontades divinas, introduzidos na mente e no coração humano de quem ora. É a revelação sobrenatural de Deus aos seus amados filhos que o buscam. É a chamada "inspiração do Espírito Santo" que fez a Bíblia ser escrita, por mais de 40 autores, que faz ainda hoje, canções serem compostas, livros serem escritos, sermões serem explanados que tocam a alma humana e mudam vidas. É a própria voz do Criador falando a cada coração disponível e sedento para ouví-la. É o som de muitas águas, a voz de um trovão ouvida sem mesmo qualquer som. É a voz da fé. A voz do coração que crê.

Gilberto Horácio