SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ, UMA ANÁLISE DAS PRINCIPAIS QUESTÕES DA VIDA EVANGÉLICA

Por apenas: R$ 19,99 com FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

UM LIVRO PARA ABENÇOAR A SUA VIDA.

Veja alguns capítulos que você vai encontrar neste livro.
– Ser evangélico
- Posso ser evangélico sem frequentar a igreja?
– Qual é a roupa de um evangélico?
– Como se comportar no culto evangélico
– O perigo dos cargos
– Como entender os desentendimentos dentro da igreja?
– Seu relacionamento com os demais membros
– Quanto, em dinheiro, entregarei na igreja?
– Quando o sofrimento bate à porta de um evangélico
– Entendendo por que nem todos são curados
– Evangélicos divorciados
– Ouvindo músicas não evangélicas
– Bebida alcoólica no copo de um crente?
– Nem todos falam línguas estranhas?!
– Evangélicos certos de vidas erradas
– Igreja pequena ou igreja grande?
– Excluindo membros - um mal necessário?
– Amigos e relacionamentos apenas com evangélicos?
– O que nos une é maior do que o que nos separa
– O evangélico e a morte – O que importa é ser salvo, ser você e ser feliz dentre outros capítulos.
Comprando este livro você estará abençoando e sendo abençoado. Há algo especial de Deus nele para você.
Um livro que fala de fé e de esperança.

Peça já o seu exemplar!

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS:


* LIVRARIA DA IGREJA DE NOVA VIDA DE DUQUE DE CAXIAS.
Av. Presidente Tancredo Neves, 687 – Vila Itamaraty(Itatiaia) – D. de Caxias Tel./fax: (21) 3658-3200 E-mail: igreja@novavidacaxias.com.br


* Livrarias Celebrai do Shopping Center de Caxias. Rua Mariano Sendra dos Santos, SN - Duque de Caxias - RJ Quadra 4 - Loja 10 | Cel.: (21) 9346-7347 - Tel.:(21) 2671-6073

* LIVRARIA ITATIAIA NO UNIGRANRIO SHOPPING CAXIAS.
Rua Prof. José de Souza Herdy 1216. 25 de Agosto - Duque de Caxias. Tel. (21) 2671-2808


* EDITORA CONSELHO. Av. Eunice Gondin, 160, sala 206, Recreio dos Bandeirantes, RJ Tel. 3326-3844


COMPRE AGORA E RECEBA O LIVRO EM SUA CASA COM A SEGURANÇA DO pagseguro

Por apenas: R$ 19,99

Frete GRÁTIS para todo o Brasil

Através do pagSeguro você compra parcelado através dos principais cartões de crédito.
Compre também por telefone:(21) 99697-4191 e peça seu exemplar. Você vai recebê-lo na comodidade da sua casa, com total segurança e a credibilidade dos correios. Você pode comprar também por depósito bancário: Deposite o valor de R$ 19,99 na seguinte conta: Banco Santander: Agência: 4618 Conta Corrente: 01001027-8 Envie-nos e-mail constando a a data e a hora o depósito, seguido de seu endereço completo, com CEP e telefone para contato.

Você receberá em sua casa o livro SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ. Uma análise das principais questões da vida evangélica.

Você vai entender muito do que acorre dentro de uma igreja evangélica no Brasil. Vai ter a fé despertada, o amor a Cristo, à igreja e a você mesmo racionalizados e fortalecidos de forma simples mas, direta.

Não perca mais tempo! Investir em conhecimento é investir em você. Peça agora e seja muito abençoado pelo que vai ler e aprender.
UM LIVRO QUE TRATA DE FORMA PRÁTICA QUESTÕES VIVIDAS DENTRO DA IGREJA EVANGÉLICA.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Enxergue além das trevas.


Se olharmos, pela fé, firmemente para Jesus Cristo, estaremos sempre seguros. Esta afirmação pode ser confirmada em Hebreus capítulo 12, versículo 2 que diz assim: "OLHANDO FIRMEMENTE PARA JESUS, AUTOR E CONSUMADOR DA NOSSA FÉ, O QUAL PELA ALEGRIA QUE LHE ESTAVA PROPOSTA, SUPORTOU A CRUZ, DESPREZANDO A DESONRA, E ESTÁ ASSENTADO À DIREITA DO TRONO DE DEUS"
Estima-se que há mais de 40 milhões de cegos no mundo. Mas, quantos cegos espirituais? Se no mundo físico há milhões que sofrem de cegueira física, no mundo espiritual esse número é bem maior.

Bartimeu é um exemplo de uma cegueira física, mas não espiritual. Bartimeu era um mendigo cego, o qual o Senhor Jesus curou. Ele não via a Jesus fisicamente, mas, pela fé, sabia, “via” Nele a possibilidade de cura e transformação de sua realidade. Precisamos crer e ver da mesma maneira - “Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim!” - para sermos curados, da cegueira, da frieza, da falta de crer no impossível de Deus. “O que queres que eu te faça?” – Jesus lhe perguntou. “Mestre, que eu torne a ver.” – respondeu-lhe Bartimeu. Marcos capítulo 10.

O problema da cegueira espiritual somente nós mesmos podemos resolver, através da fé em Jesus, e de uma atitude de transformação pessoal. Jesus ensinou como resolver este problema de forma muito clara. Ele disse: “E por que atentas tu no cisco que está no olho de teu irmão, e não reparas na trave que está no teu próprio olho?" Ou como podes dizer a teu irmão: Irmão, deixa-me tirar o cisco que está no teu olho, não atentando tu mesmo na trave que está no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então verás bem para tirar o cisco que está no olho de teu irmão.” (Lucas 6 : 41,42)

Elias, o profeta de Deus, depois de um grande período de seca, profetizou e viu abundante chuva subindo do mar, ao horizonte, quando ninguém conseguia ainda visualizar qualquer nuvem que trouxesse sinal de chuva. I Reis 18.41,43.5. Assim deve ser o homem e a mulher de Deus: alguém que consegue visualizar as conquistas e as possibilidades antes das outras pessoas. Uma pessoa de fé, sempre antecipa o milagre, pois consegue visualizar, pela fé, aquilo que almeja alcançar.

Há nos Estados Unidos, uma espécie de peixe, que por ter seu habitat em águas muito profundas, de trevas absolutas, não desenvolveram os olhos. Eles não possuem olhos. Meu irmão, as trevas fazem isso com os nossos olhos, os cegam totalmente. Não permita que isso aconteça com você.

Se deixarmos de enxergar, com olhos espirituais, não veremos mais as possibilidades de alcançarmos nossos alvos, deixaremos de ver Deus erguer os caídos, deixaremos de ver tudo aquilo que o Senhor Jesus reservou para nós. Aquilo que nenhum olho viu, ou qualquer ouvido já ouviu, é o que Deus reservou para aqueles que o amam.

Tomé, um dos discípulos de Jesus, precisou ver Jesus fisicamente para crer que Ele havia ressuscitado, mas nós somos muito mais felizes do que Tomé, visto que nós cremos em Jesus, cremos que Ele vive, exatamente hoje e que está conosco, e não precisamos vê-lo fisicamente para crermos. O próprio Senhor Jesus disse que aqueles que crerem, pelos olhos espirituais, e não apenas pelos olhos físicos seriam mais que felizes.
"Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram." (João 20 : 29)

Deus quer abrir nossos olhos espirituais, a cada dia, para vermos sua doce presença, para que possamos ver, a sua glória e o seu socorro constante.

Cercado pelos inimigos, o servo do profeta Eliseu, se desesperou ao ver o exército opositor se aproximar deles, mas Elizeu orou a Deus para que permitisse que seu servo visse o que ele conseguia visualizar, pela fé: "E orou Eliseu, e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos, para que veja. E o SENHOR abriu os olhos do moço, e viu; e eis que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu." (II Reis 6 : 17)

O servo de Eliseu somente conseguia enxergar os inimigos, enquanto que Eliseu enxergava sobrenaturalmente, milhares de seres espirituais ao seu redor em seu favor, para vencer a batalha.

Quantas vezes nos sentimos cercados de inimigos e sem força alguma. Nessas horas devemos olhar para Jesus, nosso Senhor. Ele nos fará enxergar o escape e quantos estão em nosso favor. Muitos se desesperam, muitos ficam cegos e passam a viver em densas trevas. Mas glórias a Deus, que permite que sejamos pessoas cheia de fé para dizer e orar, assim como Eliseu: - “Senhor, abra os olhos de todos os que estão comigo para que vejam quantos exércitos de anjos do Senhor estão ao meu redor para me garantir a vitória.”

Querido irmão e querida irmã, em que direção está seu olhar e como estão seus olhos espirituais?

“SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos.”

Gilberto Horácio

sábado, 4 de fevereiro de 2012

O terror dos ídolos



É comum noticiarem sobre imagens de escultura - aquelas chamadas pelos devotos de “imagens de santos”, serem roubadas de igrejas, queimadas por incêndios, destruídas em desmoronamentos ou até mesmo deterioradas pelo tempo.

No dicionário Aurélio a palavra ídolo significa: “Estátua ou simples objeto cultuado como deus ou deusa”. Na verdade, o ídolo é aquilo que, embora aparentemente forte, pode ser destruído ou derrotado com facilidade.

A idolatria é conhecida há milênios e é definida como o culto prestado a ídolos. É o principal conflito dentro do cristianismo, entre os seus dois principais ramos: o catolicismo e o protestantismo.

O profeta Jeremias sentiu esta dor ao ver um povo idólatra em seu tempo, um povo que deixou a sabedoria e o entendimento e passou a adorar ídolos, que não passam de obra das mãos de homens. Segundo o que escreveu o profeta, há um contraste muito grande entre o Senhor dos Exércitos, o Criador dos céus e da terra e os ídolos. Isso se encontra registrado em Jeremias no capítulo 10.

Jeremias escreve: “…os homens passaram a cortar no bosque uma madeira, com machado; enfeitam esta madeira com prata e ouro, usam pregos e martelos para fixação, para que não caia; e o resultado é um ídolo, que se parece com um espantalho em uma plantação. Este pedaço de madeira enfeitado não pode falar, necessita de quem o carregue de um lugar para o outro, pois não pode andar. Jeremias ainda enfatiza que não se deve ter medo deles, pois não podem fazer mal a ninguém e obviamente também não podem fazer o bem, pois neles não há vida, não há o fôlego da vida, e desta forma não passam de uma grande mentira e uma enganação” (e quantas pessoas com medo de imagens deixadas nas encruzilhadas… e quantas pessoas orando para que recebam algum bem de um guerreiro sentado em um cavalo).

Já o Senhor Deus, Criador dos céus e da terra, não possui uma imagem física, apenas uma imagem de caráter e amor, visto que Ele é Espírito.

Jeremias, inspirado por esse Espírito Santo, mostra este grande contraste em lembrar que o Senhor fez a terra pelo seu próprio poder, estabeleceu tudo por sua sabedoria, e com sua inteligência fez os céus. Ele demonstra o poder extraordinário de Deus, citando elementos da natureza, para tentar fortalecer a compreensão do inigualável poder de Deus: “Deus é quem controla os trovões, Ele é quem cria os relâmpagos (e como somos vulneráveis diante de relâmpagos, quando estamos em um lugar ermo), e os ventos surgem de um depósito controlado pelas mãos do Senhor” (e como somos semelhantes a uma formiga, diante de uma grande tempestade de ventos).

Jeremias chega a uma única conclusão: Não há ninguém semelhante ao Senhor Deus. Ele é grande em poder, e Rei das nações. E entre todos os sábios não há ninguém semelhante a Deus, afinal ele está Vivo e rege o universo. Como comparar uma criatura com seu Criador?

Foi em virtude de um relâmpago, em uma tempestade, que Martinho Lutero prometeu a Deus que, se fosse livre da morte naquela tempestade em que estava, desprotegido em um bosque, ele entregaria sua vida para sempre para servir a Deus como servo. Foi exatamente o que aconteceu (Deus está vivo e aí sim pode fazer bem a alguém); foi exatamente o que Lutero fez. Deus o usou para transformar a história do cristianismo idólatra do décimo sexto século para até os dias de hoje, libertando-nos através do despertar da razão e da inteligência que Deus está vivo, e somente a Ele devemos adorar e jamais a um pedaço de madeira sem vida. É somente pela fé, uma fé racional e inteligente.

Que Deus use muitos relâmpagos, trovões, ventos, Jeremias, Martinhos, eu e você para o despertamento da adoração, para adorarmos com sabedoria, inteligência e amor a um Deus que é inigualável e Dono de tudo o que existe, Dono da vida de cada um de nós.

Gilberto Horacio