SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ, UMA ANÁLISE DAS PRINCIPAIS QUESTÕES DA VIDA EVANGÉLICA

Por apenas: R$ 19,99 com FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

UM LIVRO PARA ABENÇOAR A SUA VIDA.

Veja alguns capítulos que você vai encontrar neste livro.
– Ser evangélico
- Posso ser evangélico sem frequentar a igreja?
– Qual é a roupa de um evangélico?
– Como se comportar no culto evangélico
– O perigo dos cargos
– Como entender os desentendimentos dentro da igreja?
– Seu relacionamento com os demais membros
– Quanto, em dinheiro, entregarei na igreja?
– Quando o sofrimento bate à porta de um evangélico
– Entendendo por que nem todos são curados
– Evangélicos divorciados
– Ouvindo músicas não evangélicas
– Bebida alcoólica no copo de um crente?
– Nem todos falam línguas estranhas?!
– Evangélicos certos de vidas erradas
– Igreja pequena ou igreja grande?
– Excluindo membros - um mal necessário?
– Amigos e relacionamentos apenas com evangélicos?
– O que nos une é maior do que o que nos separa
– O evangélico e a morte – O que importa é ser salvo, ser você e ser feliz dentre outros capítulos.
Comprando este livro você estará abençoando e sendo abençoado. Há algo especial de Deus nele para você.
Um livro que fala de fé e de esperança.

Peça já o seu exemplar!

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS:


* LIVRARIA DA IGREJA DE NOVA VIDA DE DUQUE DE CAXIAS.
Av. Presidente Tancredo Neves, 687 – Vila Itamaraty(Itatiaia) – D. de Caxias Tel./fax: (21) 3658-3200 E-mail: igreja@novavidacaxias.com.br


* Livrarias Celebrai do Shopping Center de Caxias. Rua Mariano Sendra dos Santos, SN - Duque de Caxias - RJ Quadra 4 - Loja 10 | Cel.: (21) 9346-7347 - Tel.:(21) 2671-6073

* LIVRARIA ITATIAIA NO UNIGRANRIO SHOPPING CAXIAS.
Rua Prof. José de Souza Herdy 1216. 25 de Agosto - Duque de Caxias. Tel. (21) 2671-2808


* EDITORA CONSELHO. Av. Eunice Gondin, 160, sala 206, Recreio dos Bandeirantes, RJ Tel. 3326-3844


COMPRE AGORA E RECEBA O LIVRO EM SUA CASA COM A SEGURANÇA DO pagseguro

Por apenas: R$ 19,99

Frete GRÁTIS para todo o Brasil

Através do pagSeguro você compra parcelado através dos principais cartões de crédito.
Compre também por telefone:(21) 99697-4191 e peça seu exemplar. Você vai recebê-lo na comodidade da sua casa, com total segurança e a credibilidade dos correios. Você pode comprar também por depósito bancário: Deposite o valor de R$ 19,99 na seguinte conta: Banco Santander: Agência: 4618 Conta Corrente: 01001027-8 Envie-nos e-mail constando a a data e a hora o depósito, seguido de seu endereço completo, com CEP e telefone para contato.

Você receberá em sua casa o livro SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ. Uma análise das principais questões da vida evangélica.

Você vai entender muito do que acorre dentro de uma igreja evangélica no Brasil. Vai ter a fé despertada, o amor a Cristo, à igreja e a você mesmo racionalizados e fortalecidos de forma simples mas, direta.

Não perca mais tempo! Investir em conhecimento é investir em você. Peça agora e seja muito abençoado pelo que vai ler e aprender.
UM LIVRO QUE TRATA DE FORMA PRÁTICA QUESTÕES VIVIDAS DENTRO DA IGREJA EVANGÉLICA.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Como ser feliz.

Ouço constantemente as pessoas falarem: “eu sou tão infeliz! – meu casamento não deu certo!”, outras: “não sou feliz no casamento!”, “me sinto solitário, não me casei!”, “nunca consegui sucesso profissional, isso me torna muito infeliz!”, “não sou uma pessoa bonita, sou infeliz!”, “sou muito magro ou sou muito gordo, isso me faz infeliz!”

Diante destas reclamações, já disse algumas vezes, que conheço pessoas que estão em uma cadeira de rodas e são felizes enquanto que muitos destes que estão “perfeitos” quanto ao corpo físico julgam-se infelizes. Será que o cadeirante seria feliz se andasse, ou o deficiente visual seria feliz se enxergasse? Certamente que não. Diante das reclamações de infelicidade que citamos, vemos que estas pessoas, não são cadeirantes e também não são deficientes visuais, como exemplo, e se julgam infelizes.

Desta maneira concluímos que a felicidade vai muito além do que o tangível pode oferecer. A felicidade está em ter vida. Do que posso eu reclamar, se Deus me deu a vida que é a maior dádiva que um homem pode ter? Não há nada que supere, em valor, a vida. A vida é a essência de tudo e tê-la é a plenitude da felicidade. Isso mesmo, para sermos felizes, não precisamos de um bom carro, nem de uma cobertura em algum bairro nobre do mundo. Tem muita gente lá agora, (ou aí) totalmente infelizes, simplesmente porque colocaram o coração no que possuem, e o possuir, nunca fez ninguém feliz. Aparentemente pode-se ter tudo, mas para ser feliz basta ter vida. Desta forma a felicidade está disponível a todos e é alcançável por todos.

Quando desvinculamos a felicidade do possuir, do ter, do ser alguma coisa, nós a democratizamos. Conheço pessoas muito humildes que são exemplo de felicidade, de um sorriso no rosto e de uma gargalhada gostosa em volta de uma fogueira com os familiares e amigos, porque conhecem o princípio de que a felicidade está na vida, apenas.

Lembremo-nos das palavras de Jesus que disse: E disse aos seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes. Porque, onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração” Lucas 12: 22,23 e 34.

Isso é muito perceptível quando se constata uma doença incurável, ou passa-se em coma um longo tempo, ou escapa-se de um grave acidente. Mas é preciso passar por algo semelhante para acordarmos?

E você o que está esperando para ser feliz agora? Tens vida em ti mesmo? Peça a Deus, que a todos dá liberalmente, não duvidando, mas com fé. Viva a felicidade de viver uma vida feliz, celebrando apenas, e precisando apenas, da vida, que você já tem.

Gilberto Horácio

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

O espelho do meu coração.


Recentemente preguei em um culto o texto de Tiago capítulo 1, versículos 22 a 25 que diz assim: “E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era. Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecidiço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito.”

Uma imagem no espelho; é isso que somos quando não cumprimos os mandamentos de Deus. Uma imagem no espelho é temporal, ela só dura o tempo em que a olharmos. É assim, também, que agimos com o que ouvimos daquele que é o dono da vida? Jesus deixou-nos suas preciosas palavras, palavras de paz e não de mal; Ele tem a autoridade para executar milagres extraordinários sobre a vida daqueles que não apenas ouvem a sua voz, mas praticam o que Ele ensina.

Quem ouve e não pratica, é semelhante ao homem que edificou sua casa sobre a areia. Quem ouve e pratica é semelhante a quem edificou sua casa sobre a rocha. Transbordaram os rios, sopraram os ventos, caiu forte chuva, a casa edificada sobre a areia caiu e a que estava edificada sobre a rocha não caiu.

Quando informado que sua família estava presente no lugar onde Ele ensinava à multidão, Jesus disse: “Minha família são aqueles que ouvem as minhas palavras e as praticam!” Lucas 8:19. A verdade é que a Palavra do Evangelho é uma Palavra que gera a vida e, ao mesmo tempo, uma Palavra que reclama ser vivida. Se é o Deus Todo-Poderoso que nos fala, como poderemos deixar de acolher a sua Palavra? Se a não praticarmos, não produziremos frutos, e se não produzirmos frutos, para que viveremos?

Jesus nos amou de forma magnífica e é esse o pago que o daremos? Fingirmos que ouvimos, mas na hora de praticar, nos fazemos de desentendidos. Esse é o modo de retribuirmos com o nosso amor o amor de Jesus? Jesus conta uma parábola em Mt 21,28-30 que fala de dois filhos. O pai mandou os dois irem trabalhar no campo. Um deles disse que iria, mas não foi, o outro disse que não iria, mas arrependido foi. Quem obedeceu? Obviamente aquele que não apenas ouviu e disse que iria, mas aquele que foi.

Quantas promessas são feitas no início de cada ano não é mesmo? E quantas cumprimos? Será que não estamos apenas vendo nosso rosto no espelho? Tiago nos diz que aquele que pratica a palavra de Cristo Jesus será bem aventurado em tudo o que realizar. É por isso que, quem não pratica engana-se a si mesmo. Quando alguém ouve a palavra de Deus e não a pratica, não engana ao pastor, não engana a família, não engana a Deus, não engana a ninguém, a não ser a si mesmo.

Deuteronômio 28 nos mostra o resultado de obedecer, praticar a palavra de Deus, assim como também o resultado da desobediência. Jesus disse que “não se pode obter uvas dos espinheiros”, de forma que facilmente podemos perceber aqueles que são apenas ouvintes, e aqueles que são praticantes dos ensinos de Cristo; Não se pode jorrar água doce e amarga da mesma fonte. Tiago 3:11; Paulo nos alerta para não corrermos o risco de pregarmos aos outros e nós mesmos sermos desqualificados. I coríntios 9:25.

Aquele que pratica os ensinos de Cristo, não é mais ele a viver: Cristo viverá nele.
Sentiremos na própria pele a libertação de nós mesmos, dos nossos limites, das nossas escravidões. E não é só: já que demos a Jesus a liberdade de viver em nós, veremos explodir a revolução de amor que ele provocará no ambiente social que nos envolve. Já estou crucificado com Cristo, mas Cristo vive em mim. Vivamos envolvidos pela Palavra. Que possamos dizer que é a Palavra que vive em nós. Você vive a Palavra? Você é a Palavra viva? Amas o teu próximo como a ti mesmo? Perdoas de todo o coração o que lhe ofende? Será que você também tem visto isto em mim? Vou em busca de um espelho para o meu coração, que é Cristo Jesus.

Gilberto Horácio