SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ, UMA ANÁLISE DAS PRINCIPAIS QUESTÕES DA VIDA EVANGÉLICA

Por apenas: R$ 19,99 com FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

UM LIVRO PARA ABENÇOAR A SUA VIDA.

Veja alguns capítulos que você vai encontrar neste livro.
– Ser evangélico
- Posso ser evangélico sem frequentar a igreja?
– Qual é a roupa de um evangélico?
– Como se comportar no culto evangélico
– O perigo dos cargos
– Como entender os desentendimentos dentro da igreja?
– Seu relacionamento com os demais membros
– Quanto, em dinheiro, entregarei na igreja?
– Quando o sofrimento bate à porta de um evangélico
– Entendendo por que nem todos são curados
– Evangélicos divorciados
– Ouvindo músicas não evangélicas
– Bebida alcoólica no copo de um crente?
– Nem todos falam línguas estranhas?!
– Evangélicos certos de vidas erradas
– Igreja pequena ou igreja grande?
– Excluindo membros - um mal necessário?
– Amigos e relacionamentos apenas com evangélicos?
– O que nos une é maior do que o que nos separa
– O evangélico e a morte – O que importa é ser salvo, ser você e ser feliz dentre outros capítulos.
Comprando este livro você estará abençoando e sendo abençoado. Há algo especial de Deus nele para você.
Um livro que fala de fé e de esperança.

Peça já o seu exemplar!

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS:


* LIVRARIA DA IGREJA DE NOVA VIDA DE DUQUE DE CAXIAS.
Av. Presidente Tancredo Neves, 687 – Vila Itamaraty(Itatiaia) – D. de Caxias Tel./fax: (21) 3658-3200 E-mail: igreja@novavidacaxias.com.br


* Livrarias Celebrai do Shopping Center de Caxias. Rua Mariano Sendra dos Santos, SN - Duque de Caxias - RJ Quadra 4 - Loja 10 | Cel.: (21) 9346-7347 - Tel.:(21) 2671-6073

* LIVRARIA ITATIAIA NO UNIGRANRIO SHOPPING CAXIAS.
Rua Prof. José de Souza Herdy 1216. 25 de Agosto - Duque de Caxias. Tel. (21) 2671-2808


* EDITORA CONSELHO. Av. Eunice Gondin, 160, sala 206, Recreio dos Bandeirantes, RJ Tel. 3326-3844


COMPRE AGORA E RECEBA O LIVRO EM SUA CASA COM A SEGURANÇA DO pagseguro

Por apenas: R$ 19,99

Frete GRÁTIS para todo o Brasil

Através do pagSeguro você compra parcelado através dos principais cartões de crédito.
Compre também por telefone:(21) 99697-4191 e peça seu exemplar. Você vai recebê-lo na comodidade da sua casa, com total segurança e a credibilidade dos correios. Você pode comprar também por depósito bancário: Deposite o valor de R$ 19,99 na seguinte conta: Banco Santander: Agência: 4618 Conta Corrente: 01001027-8 Envie-nos e-mail constando a a data e a hora o depósito, seguido de seu endereço completo, com CEP e telefone para contato.

Você receberá em sua casa o livro SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ. Uma análise das principais questões da vida evangélica.

Você vai entender muito do que acorre dentro de uma igreja evangélica no Brasil. Vai ter a fé despertada, o amor a Cristo, à igreja e a você mesmo racionalizados e fortalecidos de forma simples mas, direta.

Não perca mais tempo! Investir em conhecimento é investir em você. Peça agora e seja muito abençoado pelo que vai ler e aprender.
UM LIVRO QUE TRATA DE FORMA PRÁTICA QUESTÕES VIVIDAS DENTRO DA IGREJA EVANGÉLICA.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Precisamos um do outro.

“Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.
Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.
Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará?
E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.”

Este texto do livro de Eclesiastes capítulo 4 nos mostra que o ser humano é um ser social. Nós fomos criados com uma necessidade nata de relacionamento. Amigos, parentes e conhecidos são dobras de um cordão. A forma mais segura que as pessoas encontram para se certificarem de que terão pessoas ao lado durante a vida é o casamento. E, de fato, o casamento traz esta segurança através do cônjuge e dos filhos. Mas o casamento, embora o mais seguro, não é o único meio de manter-se amparado.

Os amigos, os conhecidos e parentes são pessoas que estão ao lado. E este estar ao lado faz toda a diferença; saber que podemos contar com as pessoas é algo que todos precisamos. Há quem diga que nossos parentes são os nossos vizinhos, porque se “dermos um grito” são eles que nos acudirão.

Aqueles que estão no aniversário de nosso filho, aqueles que nos visitam no natal, nos ligam em nosso aniversário, jogam futebol conosco, nos emprestam um martelo ou um pouco de pó de café. Pessoas para nos aconselhar a fazer um concurso, a procurar um novo emprego ou resistir às dificuldades do nosso.

Como é diferente quando fazemos um curso quando temos um amigo conhecido na sala. Como é diferente quando vamos a uma festa bem distante e sabemos que um amigo nos acompanhará porque também vai à mesma festa. Como é ruim quando vamos procurar um emprego e combinamos com um colega para ir conosco e quando estamos saindo de casa ele nos liga avisando que não poderá ir e teremos que ir sozinhos.

Dizem que para sabermos quantos amigos temos, devemos oferecer uma festa, e para sabermos a qualidade deles devemos aguardar quando estivermos doentes. E isso é fato. Precisamos sim de uma visita quando estamos doentes. Precisamos sim de pessoas ao nosso lado para nos ajudar a gritar por nossos direitos e dores.

Já ouvi alguém dizer que no céu todas as colheres serão gigantes porque ninguém vai levar sua própria colher à boca, mas cada um vai servir levando sua colher à boca do seu próximo para alimenta-lo e da mesma maneira será alimentada por ele.

A visão do autor de eclesiastes, inspirado por Deus, é a de aconselhar; aconselhar a ter pessoas; mas, pessoas não se vendem em prateleiras. Pessoas são conquistadas, granjeadas uma a uma, com o tempo e com a vida, abertura da vida para receber vidas.

Atenção, cuidado, observação, estar presente, auxiliar, amar e ajudar a carregar as cargas do meu próximo produzirão exatamente estas pessoas que serão em um futuro próximo os meus próximos, que serão comigo um cordão de três dobras. E esse ninguém quebra. Hei, conte comigo.

Gilberto Horácio

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Como saciar o tempo da vida, de você.

Quantas vezes nos deparamos conosco mesmo e dizemos que gostaríamos de mudar algo em nós! Quantas vezes sentimos a vontade de transformar algo ruim em algo bom. Quantas vezes nos sentimos em um esgotamento de recursos para atender a demanda ao nosso redor, uma demanda por nós e de nós.

Se você parar para pensar vai perceber que o seu chefe quer seu melhor e chega a dizer que você precisa se empenhar mais. Seu pastor também exige que você tenha mais empenho em sua vida ministerial. Sua esposa argumenta que você deveria ser uma esposo mais carinhoso e mais presente. Seus filhos dizem que você deveria ser um pai ou uma mãe mais atencioso, atenciosa.

Os médicos dizem que você precisa dormir no mínimo oito horas por dia, se exercitar pelo menos uma hora. Os nutricionistas aconselham refeições calmas e demoradas e ainda com uma soneca depois. Os especialistas do mercado de trabalho enfatizam que você precisa estudar, se capacitar para manter-se empregável. E quando você começa a se capacitar seus professores imaginam que você só faz estudar suas matérias e chegam a declararem a célebre frase, quando você reclama de tempo: “o que você faz de meia noite às seis horas da manhã?” Eu penso: mas os médicos não mandam-nos dormir neste horário? Pois é, os professores mandam-nos estudar.

Quando você encontrar com os amigos certamente dirão: “não tem mais tempo para os amigos né?” Se você freqüentar algum clube, associação, seja de amigos, de pesca, de futebol, eles também dirão: “Você está sumido, hein!?”. E seus parentes? Quando você der um telefonema no aniversário, eles também dirão: “Quanto tempo!”.

A verdade é que em muitos momentos nosso “vinho" acaba e como fazer para atender a tantos convidados que amamos e queremos servir?

É preciso ajuda de Jesus. Mande chamar Jesus. No Evangelho de João no capítulo 2, lemos a história de um casamento onde Jesus estava presente. Acabou o vinho no meio da festa. No desespero, chamaram Jesus. Ele ordenou que enchessem de água as vasilhas que estavam antes com o vinho que acabara. E o milagre aconteceu. A água se transformou em vinho. O melhor vinho já existente na terra, ao ponto de alguém dizer “Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.” V. 10.

É isso o que preciso fazer para não deixar faltar vinho na minha vida. Quando começar a acabar o vinho, é preciso chamar Jesus. Ele é o vinho novo que vai fluir através de minha vida para satisfazer os anseios de quem está ao meu redor. E para isso não preciso de muita coisa. Basta um pouco de água e fé, obedecendo o que Jesus mandou fazer, “encham as vasilhas de água”, e confiar que o mais, que á a transformação, Ele fará. Mas e a vasilha? Mas e a água? A água...? o Espírito Santo; a vasilha...? Eu! Você!

Gilberto Horácio

domingo, 10 de outubro de 2010

Se distingua entre os milhares.

O Monte Sinai (também conhecido como Monte Horeb) está situado no sul da península do Sinai, no Egito. Esta região é considerada sagrada por três religiões: cristianismo, judaísmo e islamismo. Mas, o que me faz ter verdadeiro fascínio por este monte, que é magnífico em toda a sua plenitude, é saber que são exatamente estas rochas, exatamente estas que presenciaram tudo o que está registrado no livro de Êxodo capítulos 19 e 20.

Deus desceu sobre este monte, do infinito de sua morada (ainda que hoje Ele habite dentro de nós, através do seu Espírito Santo onipresente) e falou com Moisés, falou com os seres humanos. O que foi possível ser visto pelos olhos humanos foi relâmpagos, trovões, um monte em fogo, fumegando e estremecendo, porque a presença do Deus Soberano e Criador estava sobre Ele.

Hoje, o Monte Sinal é venerado, ainda que a presença de Deus, visivelmente, não se apresente mais lá. Todavia, o mundo todo viaja àquelas rochas e veneram aquele lugar como um magnífico altar ao Deus vivo, o maior do planeta terra (ainda que hoje o maior altar é nosso coração). Mas considero também o Monte Sinal como muito especial por testemunhar a presença do Senhor da Vida.

O que quero falar sobre o Sinai, e que fica de ensino em minha vida é que o que fez o monte Sinai ser o grande monte de Deus, foi exatamente a sua presença. A presença de Deus é que o fez se distinguir de todos os outros montes da Terra. O monte Sinai tornou-se conhecido e santificado; tornou-se um referencial desta presença sublime de Deus. Sem esta presença aquele monte seria somente mais um monte.

Entendo que eu e você, amado leitor, seremos somente mais uma pessoa na multidão se não tivermos a presença de Deus em nós. A presença de Deus é o diferencial em nossas vidas. E assim como hoje o Sinai é lembrado como altar, como lugar separado e admirado, assim seremos se tivermos esta presença em nós. E saiba que as pessoas querem estar perto de quem está perto de Deus, isso é fato.

Moisés sabia muito bem disso, porque ele testemunhou isso, e orou ao Senhor, a oração que também deve estar em nossos lábios todos os dias; disse ele: “Se a tua presença não for conosco, não nos faça subir daqui”. Êxodo 33:15

Sabe o que neste mesmo capítulo o Senhor da vida disse a Moisés? “A minha presença irá contigo para te fazer descansar”.

Que entendamos que é a presença e Deus é que nos faz felizes, nos faz completos, nos faz descansar, nos faz referencial de vida e paz. Se você quer ser distinguido entre os milhares, lembrado e admirado, seja cheio da presença de Deus.

Gilberto Horácio

domingo, 3 de outubro de 2010

Seja mais servo que líder.

JESUS

Encontramos em nossa sociedade e também na igreja, pessoas querendo assumir a posição de liderança, a posição de busca do poder; poucos são aqueles que querem assumir a posição de servo. Mas e se todos forem líderes onde estarão os servos? O Ensino que Jesus nos deu foi outro, o que está registrado em Filipenses 2 : 7 "Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;" Isso parece ser contraditório, em um mundo de negócios e interesses onde o estar por cima e o galgar postos e cargos é sempre o desejado por todos e o mais importante. Pode ser visto exemplo melhor do que em períodos de campanha política?

Se Jesus que é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores e assumiu a forma de servo, como eu poderia ter uma postura diferente? Eu que sou pó e cinzas devo ter essa certeza muito clara em minha vida. Lembremos do que o próprio Senhor Jesus disse: “Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.” João 13 : 12,13 e 14.
Lavar os pés, humilhar-se, ensinos de submissão que nos fazem entender a lei da vida, onde aquele que se exalta é humilhado e aquele que se humilha é exaltado. Lembro que Jesus lavou os pés de Judas que o traiu.

Quando nos colocamos no centro da vontade de Deus, percebemos que o que Ele espera de nós é um comportamento de servir. E servir a Deus é um sinal de amor. Não o servimos por temor, ou por obrigação, pela vida que Ele nos deu, mas o servimos por gratidão. Servir a Deus significa expressar gratidão. E todos aqueles que possuem um coração grato, servirão por amor. O servir por amor nos trará uma vida realizada e completa.

Deve ser assim no casamento. Deve ser assim na igreja. Deve ser assim na família. Deve ser assim, você. Servir a Deus e às pessoas, por amor.

Gilberto Horácio