SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ, UMA ANÁLISE DAS PRINCIPAIS QUESTÕES DA VIDA EVANGÉLICA

Por apenas: R$ 19,99 com FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

UM LIVRO PARA ABENÇOAR A SUA VIDA.

Veja alguns capítulos que você vai encontrar neste livro.
– Ser evangélico
- Posso ser evangélico sem frequentar a igreja?
– Qual é a roupa de um evangélico?
– Como se comportar no culto evangélico
– O perigo dos cargos
– Como entender os desentendimentos dentro da igreja?
– Seu relacionamento com os demais membros
– Quanto, em dinheiro, entregarei na igreja?
– Quando o sofrimento bate à porta de um evangélico
– Entendendo por que nem todos são curados
– Evangélicos divorciados
– Ouvindo músicas não evangélicas
– Bebida alcoólica no copo de um crente?
– Nem todos falam línguas estranhas?!
– Evangélicos certos de vidas erradas
– Igreja pequena ou igreja grande?
– Excluindo membros - um mal necessário?
– Amigos e relacionamentos apenas com evangélicos?
– O que nos une é maior do que o que nos separa
– O evangélico e a morte – O que importa é ser salvo, ser você e ser feliz dentre outros capítulos.
Comprando este livro você estará abençoando e sendo abençoado. Há algo especial de Deus nele para você.
Um livro que fala de fé e de esperança.

Peça já o seu exemplar!

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS:


* LIVRARIA DA IGREJA DE NOVA VIDA DE DUQUE DE CAXIAS.
Av. Presidente Tancredo Neves, 687 – Vila Itamaraty(Itatiaia) – D. de Caxias Tel./fax: (21) 3658-3200 E-mail: igreja@novavidacaxias.com.br


* Livrarias Celebrai do Shopping Center de Caxias. Rua Mariano Sendra dos Santos, SN - Duque de Caxias - RJ Quadra 4 - Loja 10 | Cel.: (21) 9346-7347 - Tel.:(21) 2671-6073

* LIVRARIA ITATIAIA NO UNIGRANRIO SHOPPING CAXIAS.
Rua Prof. José de Souza Herdy 1216. 25 de Agosto - Duque de Caxias. Tel. (21) 2671-2808


* EDITORA CONSELHO. Av. Eunice Gondin, 160, sala 206, Recreio dos Bandeirantes, RJ Tel. 3326-3844


COMPRE AGORA E RECEBA O LIVRO EM SUA CASA COM A SEGURANÇA DO pagseguro

Por apenas: R$ 19,99

Frete GRÁTIS para todo o Brasil

Através do pagSeguro você compra parcelado através dos principais cartões de crédito.
Compre também por telefone:(21) 99697-4191 e peça seu exemplar. Você vai recebê-lo na comodidade da sua casa, com total segurança e a credibilidade dos correios. Você pode comprar também por depósito bancário: Deposite o valor de R$ 19,99 na seguinte conta: Banco Santander: Agência: 4618 Conta Corrente: 01001027-8 Envie-nos e-mail constando a a data e a hora o depósito, seguido de seu endereço completo, com CEP e telefone para contato.

Você receberá em sua casa o livro SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ. Uma análise das principais questões da vida evangélica.

Você vai entender muito do que acorre dentro de uma igreja evangélica no Brasil. Vai ter a fé despertada, o amor a Cristo, à igreja e a você mesmo racionalizados e fortalecidos de forma simples mas, direta.

Não perca mais tempo! Investir em conhecimento é investir em você. Peça agora e seja muito abençoado pelo que vai ler e aprender.
UM LIVRO QUE TRATA DE FORMA PRÁTICA QUESTÕES VIVIDAS DENTRO DA IGREJA EVANGÉLICA.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Entendendo a força de seus olhos

Ontem ao sair do trabalho com a cabeça ainda cheia de situações vividas durante o dia, caminhando a passos largos para outro compromisso, comecei a fazer uma breve reflexão sobre o olhar humano, assim como a forma como caminhamos.

Os seres humanos possuem uma visão apenas para frente, assim sendo também sua forma de caminhar. Esta forma de caminhar está intimamente relacionada com o foco da visão frontal que possuímos. O olho humano é um órgão sensorial, capaz de transformar a luz, como forma de energia, em impulsos nervosos, que são transmitidos ao cérebro e lá decodificados em informação entendível.

Diante dessas características físicas podemos também supor e acreditar que em nossa vida devemos tratar todos os acontecimentos e momentos como algo que pode ser tratado apenas “olhando para frente”. Isso significa que ao sair do trabalho com a cabeça quente, e colocar o olhar no compromisso seguinte nos faz entender que na vida o que tinha meu foco e minha atenção há cinco minutos, já deve ser esquecido para viver e evidenciar o que virá pela frente na próxima esquina.

Essa visão frontal nos faz entender que ao superarmos obstáculos e dificuldade em nosso dia a dia, o que fazer é exatamente seguir em frente, avançar, pois assim que seus olhos puderem enxergar o que vem a frente, o que passou, simplesmente passou.

Seguindo esse princípio, devemos entender que devemos viver somente o que está diante de nós. O que passou, o que não olhamos mais, já passou. Essa atitude deve ser tomada em todas as situações da vida; seja quando acabamos de sair de um sepultamento, ou quando acabamos de sair de uma empresa, ou de um curso terminado, enfim, a regra é. Terminou? Então vá caminhando buscando com os olhos o que virá a diante, novas conquistas e novas realizações.

Assim como podemos, a qualquer momento pararmos no caminhar, virar a cabeça para trás, e espiarmos o que está ficando para trás, também podemos fazer com nossa vida, mas apenas uma espiada, que pode até nos fazer ver onde erramos e acertamos, mas em seguida devemos posicionar o olhar novamente para frente e avançarmos.

Coloque seu olhar em coisas que lhe dê esperança, coragem e fé. O olhar é muito importante. Dizem que “o que os olhos não vêem o coração não sente” e é isso aí. O olhar tem esse poder, de nos envolver com as situações. Se alguém sofre bem perto de nós e não vemos, não nos envolvemos, mesmo sabendo que o problema existe ali. Entretanto quando paramos para ver e analisar o caso bem de perto, nos envolvermos e é comum querermos resolver ou amenizar o sofrimento de qualquer ser que seja.

Conscientes disso, devemos sempre avançar olhando firmemente para o que vem diante de nós, esquecendo do foco dos problemas e preocupações que nossos olhos viram há pouco e, na esquina seguinte, um amigo, um cartaz com uma frase ou um simples passarinho na árvore vai colocar o foco na esperança e na vida que está exatamente em nossa frente para vivermos.

"Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus." Hebreus 12:2

"A candeia do corpo é o olho. Sendo, pois, o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau, também o teu corpo será tenebroso. " Lucas 11:34

Gilberto Horácio

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Onde está a sua mente agora?


A vida chamada moderna tem nos surpreendido a cada dia com situações que nos chocam e nos devem fazer repensar nossas atitudes e nosso comportamento diante da rotina do dia a dia, nossos objetivos e metas frente ao significado do que almejamos em paralelo ao que provocamos rumo a essas metas.

Toda a imprensa noticiou hoje mais um caso de uma criança que morre ao ser esquecida, trancada, dentro de um automóvel. Talvez possamos pensar que qualquer um de nós estaria sujeito a ter um momento de descuido e causar tamanha tragédia. Entretanto, esses casos nos mostram que o ritmo que o mundo moderno tem nos imposto e, nosso aceite diante dessa pressão, é o fator principal de presenciarmos fatos terríveis como esses.

A mãe contou que normalmente deixava o bebê em uma creche e depois seguia para outra com sua filha mais velha, de 6 anos. Ao inverter a rotina, ela deixou a mais velha antes. No entanto, ela se esqueceu que a outra ainda estava no carro.

Em depoimento, a mulher de 40 anos, gerente financeira de uma empresa metalúrgica, disse que só deu conta do fato quando deixou o trabalho para buscar a filha na creche e levá-la ao pediatra.

A criança chegou a ser socorrida, mas não resistiu e chegou já sem vida ao hospital. Ela teve uma parada cardiorrespiratória e queimaduras no corpo, devido ao calor.

Não quero citar esta mulher em específico, mas apenas o ritmo que temos vivido. As pessoas em busca do sucesso profissional, recursos financeiros e negócios acabam vivendo vidas de integral dedicação ao trabalho e “ao conquistar”, que mergulham em “mundos” e neles passam a viver, totalmente à margem da vida, que realmente existe aqui “fora”, ou seja, esquecem que possuem um lar, uma família, amigos, um corpo e pessoas que requerem tempo, atenção e cuidados.

O mundo moderno tem produzido pessoas que durante o sono sonham com o trabalho, almoçam falando no celular, ficam conectados à internet onde estão, através de diversos tipos de dispositivos móveis e vivem de reunião em reunião com pastas e mais pastas de documentos em baixo do braço. Pessoas que já não dormem mais sem o auxílio de medicamentos, e pouco se dão a si mesmas.

Isso acaba produzindo uma vida onde a primazia da razão pela qual temos uma vida e pessoas vivas ao nosso redor perder qualquer sentido. Passamos a acreditar que temos uma casa, uma família e uma vida pessoal para nos dar suporte para sermos ótimos profissionais e esquecemos que na verdade deveríamos ter uma busca para sermos ótimos profissionais de sucesso apenas para obter recursos para suprir nossa via pessoal, nossa casa e nossa família.

Isso nos traz a interrogação: Como é possível esquecer? Isso nos traz a preocupação: onde está nossa mente exatamente agora?

“Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.

Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.” 1 Timóteo 6:9,10

Gilberto Horacio

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Esqueça o passado, o presente e o futuro.

Outro dia me veio à mente a idéia de que o presente não existe. Ora, se amanhã é o futuro, quando chegar amanhã, o hoje será o passado, logo estou vivendo hoje o passado de amanhã e o futuro de ontem. De forma que tudo o que é novidade em minha vida hoje é simplesmente passado. Em um futuro breve tudo será obsoleto. Ao mesmo tempo que, estou vivendo no futuro de algum tempo atrás, a começar por ontem.

De forma que nossas projeções e planos para o futuro devem não se ater em consumir os nossos dias e nossa vida de forma obsessiva, pois quando alcançarmos este futuro almejado, estaremos, na verdade, vivendo um passado que será lembrado logo depois. Isso me leva a entender que tudo o que vivo é um passado que será lembrado logo… logo…. E que tudo o que vivo é o futuro que sempre imaginei como seria. Assim, concluo que o passado, o presente e o futuro ou, não existem, ou são a mesma coisa.

O que se pode tirar de proveito deste pensamento filosófico é que: aquilo que hoje parece ser novo, já está obsoleto, pois está dentro do passado de amanhã. Certamente dentro de alguns anos vamos rir dos computadores, televisores, celulares, automóveis e mais um monte de coisas que hoje usamos e achamos ultramodernos. Acredito que o meu computador, por exemplo, não vai precisar iniciar um sistema que hoje leva até alguns minutos, mas simplesmente ao apertar um botão liga/desliga, tudo estará lá prontinho para ser usado, igualzinho a uma TV.

Na verdade não temos nem como dimensionar o que virá por aí. Mas estejamos certos de que quando chegar, já estará obsoleto. O melhor a se fazer é esquecer que o tempo existe. Dias e noites, semanas e meses são rótulos para um mundo que não para de girar e para um tempo que podemos viver aqui e se você tiver um ponteiro de segundos de um relógio agora na sua frente, vai poder perceber a velocidade em que nosso tempo está diminuindo. Portanto, esqueça tudo e que seja o melhor da vida o que a vida tem de melhor, até que finalmente possamos conhecer a tão esperara eternidade ao lado do Deus que criou a vida e resolveu ser chamado de Jesus ao decidir manifestar-se em carne.

“O que foi, isso é o que há de ser; e o que se fez, isso se fará; de modo que nada há de novo debaixo do sol.” Eclesiastes1:9

“E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.
E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.” Apocalipse 21: 1,4,5

Gilberto Horácio


terça-feira, 3 de novembro de 2009

Conhecimento não é sabedoria.

Já escrevi aqui no blog, há algum tempo atrás, sobre a distinção existente entre informação e conhecimento. Hoje, me veio à mente falar sobre a percepção da existência de uma grande distinção entre conhecimento e sabedoria.

Há uma grande corrida em busca de conhecimento. Com a evolução, rápida, das tecnologias de comunicação, em destaque a internet, o conhecimento se tornou mais acessível às grandes massas, ao mesmo tempo que se torna cada vez mais amplo o campo do saber. Novos cursos de graduação, pós-graduação em todos os níveis são criados diariamente, em todo o mundo, para tentar especializar pessoas em áreas que se desmembraram de outras áreas de conhecimento tradicionais.

O impressionante é que: quanto mais o homem adquire conhecimento, mais percebe a distância que existe para se alcançar o conhecimento desejado. Os campos são muito vastos e é impossível afirmar que alguém atingiu o domínio de toda uma área do saber. Sempre haverá algo novo, sempre haverá ramificações que levarão a novos campos de estudo. E é comum , grandes estudiosos, depois de uma vida em busca de conhecimento, parafrasear Sócrates, filósofo grego, ao dizer: “só sei que nada sei”.

A verdade é que o conhecimento transmitido ao longo dos séculos, entre os humanos, a evolução contínua da análise, da observação, do experimento sobre os fatos e coisas, principalmente após a invenção da escrita, trouxe grande melhoria da qualidade de vida dos seres humanos. Entretanto, este mesmo conhecimento que nos surpreende, em áreas como medicina, astronáutica, comunicação, trouxe também inúmeros problemas ao planeta, por sua degradação em conseqüência do progresso trazido pelo conhecimento.

É interessante pensarmos que mesmo com todo o conhecimento que possamos ter sobre inúmeros campos do saber, jamais, nada se comparará à sabedoria. Você já viu um médico que fuma? Óbvio que sim. E é o perfeito exemplo de alguém que tem o conhecimento e não possui a sabedoria. Ele sabe os malefícios que o fumo traz ao corpo, entretanto, não é sábio o suficiente para entender que pode parar de fumar. Da mesma maneira, há pessoas que detêm o controle de toda uma nação, de uma empresa, de um exército, mas não detêm nenhum controle sobre sua própria vida ou família. Não desenvolveram a sabedoria.

O exemplo clássico de sabedoria é o rei Salomão. Deus disse a ele que ele poderia pedir o que quisesse que lhe seria dado. Salomão poderia ter pedido o que quisesse, mas pediu apenas sabedoria; que ele fosse um homem sábio para julgar o povo. Deus ao ouvir isso, disse a Salomão que ele não apenas receberia o que pedira, mas também seria coroado de riquezas. Podemos notar que Salomão já era sábio por sua decisão e Deus o tornou o homem mais sábio que já se ouviu falar. (I Reis 3)

Vejamos alguns versículos que extraí da bíblia sagrada:

Provérbios4:7

"A sabedoria é a coisa principal; adquire pois a sabedoria, emprega tudo o que possuis na aquisição de entendimento."

Eclesiastes7:12

"Porque a sabedoria serve de defesa, como de defesa serve o dinheiro; mas a excelência do conhecimento é que a sabedoria dá vida ao seu possuidor."

Nos versículos citados a sabedoria é colocada como o bem acima de qualquer outro bem. Como defesa do seu possuidor ela tem a incomparável capacidade de dar vida àquele que a possui.

Na Bíblia Sagrada através das letras impressas no papel, surgem as palavras de Jesus, as profecias dos profetas, as histórias dos israelitas, a morte, a vida, os caminhos da retidão, da conquista clara e certa de que: para o que parece incerto, em cada letra, a própria e única e inigualável sabedoria será revelada.

A sabedoria pode ser adquirida, pode ser buscada, e ela, com fez Salomão, deve ser desejada acima de qualquer outro bem, e assim como Salomão a alcançou e com ela, tudo o mais que ela trás de bônus, podemos ter a certeza que: se tivermos a sabedoria, teremos o tudo que ela pode nos proporcionar.

Seja sábio em suas decisões. Em seus relacionamentos, pense… pense e pense um pouco mais, sobre tudo o que for fazer. Decida, reflita sobre suas decisões, reflita novamente e, imagine o que aconteceria se fosse tomar outro caminho, busque conselhos de pessoas sábias, e por fim coloque em prática o que você teve como resultado de seu pensar, pedindo sempre e em todo o momento que Deus o torne alguém sábio para decidir e para executar.

Desta forma, a cada dia, mais e mais, alcançaremos o desejado por muitos e alcançado por poucos: uma mente sábia e iluminada por um Deus que detém todo o conhecimento, toda a ciência e toda sabedoria para dar, àqueles que apresentarem, um coração de Salomão. E assim será possível encontrar o Deus de Salomão quando deixarmos que Ele encontre os “Solomãos” de Deus.

Gilberto Horacio