SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ, UMA ANÁLISE DAS PRINCIPAIS QUESTÕES DA VIDA EVANGÉLICA

Por apenas: R$ 19,99 com FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

UM LIVRO PARA ABENÇOAR A SUA VIDA.

Veja alguns capítulos que você vai encontrar neste livro.
– Ser evangélico
- Posso ser evangélico sem frequentar a igreja?
– Qual é a roupa de um evangélico?
– Como se comportar no culto evangélico
– O perigo dos cargos
– Como entender os desentendimentos dentro da igreja?
– Seu relacionamento com os demais membros
– Quanto, em dinheiro, entregarei na igreja?
– Quando o sofrimento bate à porta de um evangélico
– Entendendo por que nem todos são curados
– Evangélicos divorciados
– Ouvindo músicas não evangélicas
– Bebida alcoólica no copo de um crente?
– Nem todos falam línguas estranhas?!
– Evangélicos certos de vidas erradas
– Igreja pequena ou igreja grande?
– Excluindo membros - um mal necessário?
– Amigos e relacionamentos apenas com evangélicos?
– O que nos une é maior do que o que nos separa
– O evangélico e a morte – O que importa é ser salvo, ser você e ser feliz dentre outros capítulos.
Comprando este livro você estará abençoando e sendo abençoado. Há algo especial de Deus nele para você.
Um livro que fala de fé e de esperança.

Peça já o seu exemplar!

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS:


* LIVRARIA DA IGREJA DE NOVA VIDA DE DUQUE DE CAXIAS.
Av. Presidente Tancredo Neves, 687 – Vila Itamaraty(Itatiaia) – D. de Caxias Tel./fax: (21) 3658-3200 E-mail: igreja@novavidacaxias.com.br


* Livrarias Celebrai do Shopping Center de Caxias. Rua Mariano Sendra dos Santos, SN - Duque de Caxias - RJ Quadra 4 - Loja 10 | Cel.: (21) 9346-7347 - Tel.:(21) 2671-6073

* LIVRARIA ITATIAIA NO UNIGRANRIO SHOPPING CAXIAS.
Rua Prof. José de Souza Herdy 1216. 25 de Agosto - Duque de Caxias. Tel. (21) 2671-2808


* EDITORA CONSELHO. Av. Eunice Gondin, 160, sala 206, Recreio dos Bandeirantes, RJ Tel. 3326-3844


COMPRE AGORA E RECEBA O LIVRO EM SUA CASA COM A SEGURANÇA DO pagseguro

Por apenas: R$ 19,99

Frete GRÁTIS para todo o Brasil

Através do pagSeguro você compra parcelado através dos principais cartões de crédito.
Compre também por telefone:(21) 99697-4191 e peça seu exemplar. Você vai recebê-lo na comodidade da sua casa, com total segurança e a credibilidade dos correios. Você pode comprar também por depósito bancário: Deposite o valor de R$ 19,99 na seguinte conta: Banco Santander: Agência: 4618 Conta Corrente: 01001027-8 Envie-nos e-mail constando a a data e a hora o depósito, seguido de seu endereço completo, com CEP e telefone para contato.

Você receberá em sua casa o livro SOU EVANGÉLICO, SOU FELIZ. Uma análise das principais questões da vida evangélica.

Você vai entender muito do que acorre dentro de uma igreja evangélica no Brasil. Vai ter a fé despertada, o amor a Cristo, à igreja e a você mesmo racionalizados e fortalecidos de forma simples mas, direta.

Não perca mais tempo! Investir em conhecimento é investir em você. Peça agora e seja muito abençoado pelo que vai ler e aprender.
UM LIVRO QUE TRATA DE FORMA PRÁTICA QUESTÕES VIVIDAS DENTRO DA IGREJA EVANGÉLICA.

sábado, 25 de abril de 2009

Trilhas, um esporte saudável

A cada ano tem aumentado o número de adeptos da prática de trilhas, especialmente no Brasil que possui um número considerável de matas, parques, reservas.
Eu sou praticante do esporte de trilhar há alguns anos e confesso que quem vai a primeira vez, fica encantado e volta muitas e muitas outras vezes. A caminhada em trilhas além de trazer um imenso benefício para a saúde, pois existem trilhas com subidas, obstáculos e descidas leves, altas e moderadas ainda trazem um imenso prazer e descanso para a mente.
O contato do homem com a fauna e flora, com o ambiente com suas mais diversas formas e cores e características se torna um verdadeiro refrigério e uma arma terapêutica contra qualquer tipo de doença, física ou psíquica.
Portanto, procurarei postar aqui, dentre outros assuntos, algumas dicas e informações sobre trilhas, como locais indicados e boas práticas para curtir em família e entre amigos este excelente esporte.

13 dicas para que o prazer de trilhar não agrida ao meio ambiente.

1 - Fazer fogo - O fogo é um dos grandes inimigos das florestas. Centenas de animais e plantas são destruídas a cada incêndio. Por isso, não devemos fazer fogueiras e nem deixar resto delas espalhadas pelo chão. Mesmo que pareçam apagadas, uma leve brisa poderá reacender o fogo e causar um grande estrago, pondo em risco, também, a vida das pessoas. Os balões e o descuido são os principais causadores dos incêndios.

2 - Deixar lixo - O lixo sempre é um grande problema. Ele enfeia a floresta, polui os rios, as trilhas e contamina os animais. Nas trilhas e passeios, leve sempre um saco de lixo e, se possível, recolha o lixo que encontrar.

3 - Retirar plantas, solos e materiais da floresta - tudo que você pode ver no ecossistema é importante para que ele “funcione” naturalmente. Ao retirar uma planta, animal ou mesmo uma pedra, você estará empobrecendo o ecossistema, colocando em risco espécies que já podem estar em extinção ou serem raras, além de estar interferindo na cadeia alimentar dos animais.

4 - Tomar banho e beber água - existem locais onde o banho é permitido. Mas em nenhum local é permitido o uso de sabões, xampus, etc. Eles sempre poluem as águas. Nos locais onde não é permitido o banho, a água é captada para consumo humano e, por tanto, tem de permanecer puras. Evite beber as águas dos rios ou córregos, elas podem estar contaminadas por fezes ou doenças dos bichos da floresta ou mesmo pelo uso das pessoas.

5 - Alimentar animais silvestres - os animais das florestas não estão acostumados ao nosso tipo de alimentação. Por isso, não dê alimentos de qualquer tipo, pois você poderá causar doenças e até a morte deles. Não deixe alimentos ou resto de alimentos desprotegidos ou no chão, jogue-os nos locais apropriados.

6 - Caçar - os animais silvestres tem tanto direito a vida quanto nós. Cada vez que um animal é caçado ou retirado do seu habitat, toda a natureza sofre. Devemos respeitar toda a vida e nos lembrarmos sempre de que na floresta, nós é que estamos na casa dos “outros”. Todos os animais são importantes e fazem parte de um ciclo de vida para que a floresta exista.

7 - Atalhos em trilhas - não se deve fazer e nem usar atalhos nas trilhas, pois eles não são o caminho natural. Usando atalhos, você poderá se perder e causar um grande dano ao ecossistema. Ande atento, pois poderá encontrar animais, inclusive peçonhentos e venenosos. Cuidado onde se apóia ou coloca a mão, pois pode ser uma toca ou haver algum animal. Use roupas que protejam de insetos e botas ou tênis até os tornozelos. Em caso de picada de cobras, aranha, escorpião ou qualquer outra que cause reação, procure imediatamente um hospital especializado. É importante saber descrever o animal ou, se este morrer, levá-lo junto.

8 - Deixar oferendas - Não deve-se permitir oferendas nem velas acesas.

9 - Depredar o patrimônio cultural - pichar pedra, árvores e construções, arrancar sinalizações, quebrar qualquer coisa que seja só serve para enfeiar os locais de trilha e por em risco você e outras pessoas. Ajude a manter o lugar que está lhe trazendo muitos benefícios. Seja um amigo das florestas.

10 - Sons - o Parque possui uma agradável sinfonia de sons naturais: as águas, os bichos, o vento e as árvores. Experimente andar um pouco em silêncio para ouvir os sons da floresta. Não grite ou coloque aparelhos sonoros em alto volume para não incomodar a floresta, os animais e as pessoas.

11 - Danificar as sinalizações - Respeite as sinalizações na floresta. Não as inutilize nem lhes cause danos. As setas e placas educativas são importantes para a orientação dos visitantes e a preservação da fauna e flora.

12 - Trazer animais domésticos - qualquer tipo de animal estranho a fauna da floresta é proibido. Os animais domésticos podem trazer doenças para os animais silvestres assim como também pegarem doenças, inclusive fatais. Além disso, alguns animais domésticos caçam os silvestres.

13 - Bicicletas - o uso de bicicletas nas trilhas não deve ser praticado pela erosão que causam e pelo risco de acidente tanto para o ciclista quanto para as pessoas que usam as trilhas, além da possibilidade do atropelamento de algum bicho.

Abs,

Gilberto Horácio

domingo, 19 de abril de 2009

Amar é se doar.

Uma coisa extraordinária é pensarmos o quanto Deus nos ama. Esse amor é incondicional, ou seja, é independe de que façamos algo em troca, para que sejamos. É um amor inexplicável e imensurável. Ainda que venhamos a desapontar seus propósitos para nossas vidas, Ele ainda continua a nos amar sem nenhuma sombra de variação.
Embora possa às vezes não parecer, mas Deus está cuidando de nós. Ainda que tudo pareça sombrio, não estamos sozinhos. Ele está conosco. Ele nos abençoa dia após dia e nos dá, mesmo que não mereçamos, tudo aquilo que supra as nossas necessidades.
Aprendi que o conceito de bênção está, por muitas vezes, destorcido de sua real grandeza. É comum atrelarmos a relação de sermos abençoado com aquilo que conquistamos de material, financeiro e tangível.
Deus, na verdade, quer nos transportar para outro patamar de significado do que seja ser abençoado. A verdadeira bênção está na compreensão de que aquele que pode amar e ser amado é alguém abençoado. O que mais precisamos, se temos ao nosso redor pessoas que amamos e que nos amam de igual forma? O que vier amais será acrescido como conseqüência natural de crescimento e maturidade. Mas a essência de ser abençoado está fortemente atrelado ao relacionar-se. Se doar como uma vida aos outros e ser receptivo ao compartilhar da vida dos outros.
Veja no Salmo 16 : 11: “Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias .”
A alegria e o conceito de bênção estava em estar na presença do Rei. Presença, relacionamento, essência. Essa era a alegria do salmista que era a própria alegria do povo de Israel.
Nossa bênção está em estarmos agora na presença do Rei, na presença de Deus, podendo senti-lo, admira-lo, ouvi-lo, ama-lo. Isso é o melhor da vida: O compartilhar da criatura com o seu criador. É exatamente o que consigo sentir a cada culto que se inicia, quando meus passos são fortalecidos ao entrar na igreja para adorar ao Rei. Algo se move dentro de mim, ao sentir, de forma inquestionável, que a presença sobrenatural, mas terna, e amável de Deus se faz presente. É algo que jamais será explicado, e porque Ele age assim, mas isso é algo real. E não somente na igreja, mas em todo o lugar. Alí fica mais evidenciado, pois essa é a razão pela qual alí entramos.
Quando amamos alguém, podemos reconhecer o perfume, a voz, e até o jeito de pessoa andar quando se aproxima. E é inconfundível quando sentimos a presença de Deus, de Jesus e do Espírito Santo que se faz sublimemente e afetuosamente presente bem pertinho de nós.
Dele recebemos, da sua essência e de nossa essência o damos, pois é possível dar de si sem amar, mas é impossível amar, sem dá tudo de si.
Portanto somos abençoados, porque temos a presença e o amor de Deus, de Jesus e do Espírito Santo em nós. E ainda conosco muitos que amamos e que nos amam.
Deus nos abençoe a todos.

Um Abraço

Gilberto Horácio

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Voltei à vida.


Neste fim de semana o mundo se volta para as comemorações da páscoa. Isso mesmo: comemorações. E só comemoramos aquilo que acreditamos ser bom, aquilo que desejamos muito, aquilo que nos traz alegria e satisfação quando vemos concretizado. Um exemplo muito popular e comum é um gol em uma partida de futebol. Normalmente as pessoas gritam e pulam de alegria quando o seu time faz um gol e muito mais quando o time ganha a partida. Obviamente, se perguntarmos a um torcedor, após a comemoração de um gol, o motivo de tamanha alegria, ele nos explicará com ênfase seu amor e conhecimento sobre seu time favorito. Isto ocorre em diversas outras áreas de nossas vidas.

Interessante notar que as pessoas, em relação a comemorações relacionadas à fé, normalmente pouco sabem sobre o verdadeiro significado do que estão comemorando. No natal temos o amigo papai Noel e na páscoa nosso conhecido coelho com seus ovos de chocolate (embora coelhos não botem ovos, muito menos de chocolate). Mas é de grande importância sabermos o fundamento e o significado da páscoa para nós, sendo ela a data mais importante do calendário cristão.

Na Bíblia, no livro de Êxodo cap. 12 temos a narrativa da saída dos israelitas do Egito. Os israelitas eram escravos dos egípcios e viviam sobre uma dura servidão. Quando Deus ouviu as orações e o clamor do povo israelita e resolveu liberta-lo do Egito com mão forte, através de Moisés e Arão seu irmão, o faraó que possuía o governo do Egito em suas mãos não quis, obviamente, deixar o povo partir para a terra de Canaã. Deus então enviou várias pragas ao Egito sendo a última praga a morte de todos os primogênitos dos egípcios. Na noite em que o Senhor passou matando a todos os caçulas em cada casa egípcia, Ele poupou os filhos dos israelitas que haviam marcado a porta de suas casas com um pouco de sangue de um cordeiro sacrificado por cada família, seguindo orientação que Senhor havia dado previamente a Moisés.

Não havia uma só casa no Egito que não tivesse um morto naquela noite, mas os israelitas nada sofreram e assim faraó deixou os israelitas partirem, embora este mesmo faraó tenha perseguido ao povo, em seguida, quando o Senhor Deus matou ao faraó e a todo o seu exército afogados no Mar Vermelho.

Essa saída do Egito, esta libertação, o Senhor Deus chamou de páscoa e ordenou que anualmente os israelitas, no mês em que foram libertos da escravidão, comemorassem essa libertação.

Hoje, como cristãos, comemoramos a nossa libertação da escravidão da morte que todos os homens estavam condenados, para a liberdade da vida assegurada através da morte e ressurreição de Jesus Cristo na cruz, em Jerusalém, há um pouco mais de dois mil anos atrás.

Jesus é a nossa páscoa. Na sexta-feira, chamada santa, lembramos a morte de Jesus e um sábado sombrio se seguiu quando Ele sob a morte submeteu-se. No primeiro dia da semana, o domingo, comemoramos o maior acontecimento em toda a história da existência da vida. Jesus Cristo ressuscitou dentre os mortos. Ele deixou o seu túmulo e voltou a viver, voltou a respirar, seu coração voltou a bater, seus olhos abriram, a temperatura de seu corpo voltar ao normal de um ser humano vivo e ele foi feito novamente alma vivente.

Através deste acontecimento, Ele nos garantiu; isso mesmo! Nos deu total garantia de que a ressurreição dos mortos é agora uma realidade e que não ficaria só Nele, mas que todos nós ressuscitaremos assim como Ele também ressuscitou.

"Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor Jesus ,ressuscitará a nós pelo seu poder." (I Coríntios 6 : 14)

"Sabendo que o que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também por Jesus, e nos apresentará convosco." (II Coríntios 4 : 14)

Se Jesus não tivesse ressuscitado nós estaríamos perdidos e não haveria sentido algum em viver, se o que conhecemos por vida terminasse em um cemitério qualquer. Mas porque ele ressuscitou e nos prometeu que nos ressuscitaria também, temos a esperança de vida eterna que traz sentido à nossa existência e faz com que as coisas se encaixem. Há uma razão em viver. Viveremos ao lado dele. Pois Ele prometeu ao subir aos céus que voltaria para nos levar para que onde Eles estiver, estejamos nós também. E pode ser hoje mesmo nosso encontro com Ele, ou quem de nós pode garantir que estará vivo daqui a cinco minutos? Ninguém.

Portanto é grande nossa comemoração pela morte e ressurreição de Jesus Cristo. Agora sim Desejo uma feliz Páscoa a todos.

"E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também." (João 14 : 3) Palavras de. Jesus Cristo que está Vivo e ressuscitado e nos aguarda”.

Gilberto Horácio